A Caixa de Assistência dos Advogados de Roraima (CAARR) é o braço assistencial e social da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) com a missão primordial de transformar a anuidade da OAB em benefícios para associados e dependentes.

Por: Ascom/CAARR

Roraima foi um dos últimos Estados brasileiros a ter uma Caixa de Assistência dos Advogados (CAARR) estruturada e em pleno funcionamento. Mantida com uma pequena parcela da anuidade paga por advogadas e advogados à OAB, a CAARR tem como desafio oferecer serviços e benefícios aos seus associados (advogadas, advogados e dependentes), de forma a transformar a anuidade em investimento.

Criada há mais de 20 anos, somente em 2013 a CAA/RR, com uma nova diretoria, foi de direito e de fato institucionalizada, com a inscrição no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas – CNPJ, foi que começou a receber os repasses estatutariamente assegurados por Lei. No primeiro momento, a missão foi de organizar a documentação (não havia registro oficial atualizado) e buscar recursos para estruturação da sua sede própria (funcionava provisoriamente em uma pequena sala da OAB/RR).

CAARR em números

A gestão que inicia em 2016, já instalada na nova sede da CAA/RR, cria e amplia diversos serviços e benefícios, o que reaproximou a advocacia da Caixa de Assistência. Ao final de 2016 já eram mais de 300 novos Associados. Hoje já são mais de 500 associados, a maioria com dependentes.

Para as advogadas foi criado o auxílio maternidade, por meio da resolução, em que a advogada tem ressarcida ou quitada sua anuidade da OAB do ano de nascimento da criança. Ao todo, quase 20 advogadas já foram beneficiadas.

Na área da saúde, a CAARR já realizou: a “Campanha contra a Zika”, com a distribuição de 2,5 mil saquinhos de cloro e três mil panfletos educativos; as várias edições da já tradicional “Campanha de Saúde da Advocacia Roraimense”, onde foram realizados 166 atendimentos à advocacia, sendo 88 de aferição de pressão, 68 de teste de glicemia e 10 de quick massage; a “Campanha de vacinação contra a Influenza”, na qual foram atendidos 684 associados e dependentes, sendo 420 para aplicação de vacina, 129 para aferição de pressão e 135 para teste de glicemia; a “Campanha de Saúde” que registrou 477 atendimentos, entre vacinação contra H1N1, Febre Amarela, HPV, Tríplice Viral e Antitetânica, aferição de pressão e teste de glicemia.

Na área de convênios já foram firmados mais de 200 parcerias com prestadores de serviços e fornecedores de produtos. “Isso representa a diversificação na oferta de serviços e produtos, com descontos de 5%, podendo chegar a 50%, exclusivamente para a advocacia e seus dependentes”, observa Rossi.

Na Certificação Digital, obrigatória para o exercício profissional em tempos de processo eletrônico, foram emitidos mais de 350 certificados. A CAARR cobra o valor de custo, o que garante desconto de quase 50% do valor praticado no mercado local.

Ao longo deste ano está sendo oferecido o CAARR Performance, com 18 participantes, um projeto que auxilia na prática esportiva. “É um projeto de treino funcional que visa o preparo físico e fortalecimento muscular da advocacia roraimense e de seus dependentes”, explica o presidente.

Os treinos também focam em auxiliar na preparação da advocacia para participar da I Corrida da Defensoria Pública (Maio/2018), da Corrida da Advocacia (Agosto/2018) e da Meia Maratona Nacional da Advocacia (setembro/2018).

“Programa de resgate”

Segundo o presidente da CAA/RR Ronald Rossi Ferreira qualquer um dos associados, ao recorrer aos serviços e benefícios da Caixa de Assistência, “tem restituído tranquilamente, ao final do ano, no mínimo, o valor referente a anuidade da OAB”, calcula.

Acrescenta ainda que há casos de famílias que utilizam mais de um fornecedor de serviços e/ou produtos e ao final do ano duplicada o valor da anuidade em benefícios. “A CAARR é como um programa de resgate de bônus, que você usufrui ao pagar a anuidade da OAB pontualmente e tornar-se associado CAA/RR”, compara.