Por Ascom/CAARR

A diretoria da Caixa de Assistência dos Advogados de Roraima (CAARR) se reúne mensalmente. Na pauta de abril foram tratados três temas: Estatuto, vigilância monitorada e aquisição de terreno.

A reunião foi conduzida pelo presidente da CAARR Ronald Rossi Ferreira, com a participação da vice-presidente Dalva Machado, do secretário-geral João Félix Santana, do secretário-geral adjunto Marco Antonio Pinheiro e do diretor Tesoureiro Públio Imbiriba.

Segundo o presidente da CAARR Ronald Rossi Ferreira, no primeiro item da pauta, a diretoria deu continuidade aos debates do texto do novo estatuto. “Ainda não fechamos a proposta, vamos precisar de mais algumas reuniões para finalizar o novo estatuto da CAARR”, enfatizou.

No item seguinte da pauta, a diretoria aprovou a contratação de serviços de vigilância e monitoramento patrimonial. “Apesar de termos circuito interno de segurança, identificamos a necessidade dos serviços de vigilância externa e de monitoramento com ronda para proteger o patrimônio da Caixa e da ESA/RR”.

– Na contratação consideramos a cotação do serviço de menor preço. Como se trata da vigilância do patrimônio que pertence a CAARR e também a OAB, vamos propor à Seccional que contribua para o custeio desse novo serviço.

O terceiro item da pauta foi a aquisição de terreno localizado na vizinhança da sede da CAARR. Agora será encaminhado o projeto ao FIDA (Fundo de Integração e Desenvolvimento Assistencial dos Advogados) pleiteando recursos para aquisição do terreno.

– Será uma conquista para a Caixa e a Advocacia. O objetivo [do terreno] é edificar uma estrutura para escritório compartilhado, espaço para as atividades culturais e do dia a dia da CAARR e ESA (Escola Superior da Advocacia). Esse imóvel vai contribuir para a ampliação dos serviços social e de assistência do Sistema OAB.

Enquanto as obras não iniciarem, o terreno será usado como estacionamento da OAB Roraima que funciona provisoriamente na sede da ESA/RR.