Por conta do avanço do novo coronavírus (Covid-19) no território brasileiro, a CAAB (Caixa de Assistência dos Advogados da Bahia) decidiu, preventivamente, adiar a Corrida da Advocacia, que aconteceria em março, para o dia 2 de agosto.

A decisão está em acordo com todas as medidas que vêm sendo adotadas por diversas instituições, que seguem a recomendação do Ministério da Saúde, para que seja evitada a realização de eventos que promovam a aglomeração de pessoas.

Além disso, foi anunciado pelo prefeito ACM Neto um decreto que proíbe, por tempo indeterminado, a realização de eventos públicos ou privados que reúnam mais de 500 pessoas desde o dia 16 de março.

Portanto, entramos nessa corrente para que possamos superar o surto da doença e evitar que ela se propague de forma mais rápida, entendendo que a decisão mais prudente, pelo bem coletivo, é o de adiar a Corrida da Advocacia.

Com informações: caab.org.br