A Caixa de Assistência dos Advogados de Roraima (CAARR) iniciou nesta segunda-feira, 26, a Campanha de Vacinação contra a gripe.  A advocacia e os dependentes estão sendo vacinados contra a gripe H1N1, H2N3, Influenza B.

O Agendamento foi feito no site oficial da CAARR (www.caarr.org.br).  Estão disponíveis 500 doses de vacinas.

O dependente Gabriel Prestes, filho da advogada Ivanez Prestes, preferiu se vacinar já no primeiro dia. “Hoje ainda vem toda a família, mas em horário diferenciado, para não se aglomerar”, comentou, acompanhado da irmã e da namorada, que também se vacinaram.

A irmã dele, Ádria Prestes, parabenizou a CAARR pela campanha. “Essa ação é muito importante para que todos possamos estar protegidos contra essas doenças”, comentou.

“[a vacina tem] papel importante na humanidade para prevenir a nossa saúde e garantir nosso bem-estar”, acrescentou ainda Gabriel, após ser vacinado.

A estagiária de Direito, Raísa Ferreira, após a vacina comentou: “agora sim, imunizada contra a gripe”, declarou.

O presidente da CAARR, Ronald Rossi Ferreira, foi um dos primeiros vacinados e convidou a classe da advocacia. “Venha se vacinar. É importante se imunizar. Por impedimento legal, ainda não podemos adquirir vacinas contra a Covid-19. Mas vacinando contra a gripe, está comprovado cientificamente, ajuda a reduzir as complicações em casos graves de COVID-19”, enfatizou.

“É importante que quem agendou venha na hora marcada. Uma equipe está preparada para agilizar o atendimento. Após a vacinação, é entregue um kit com máscaras e álcool em gel”, acrescentou.

O presidente anunciou que a diretoria da CAARR já está trabalhando para obter mais doses de vacinas e realizar uma segunda etapa da campanha ainda este ano.

“Mais uma vez, peço a quem agendou que compareça, pois a falta de uma pessoa deixa outras sem vacina, além de aumentar os custos para ser feita outra etapa para aplicar as doses que foram agendas e as pessoas não compareceram”, reforçou.

A vacinação é no sistema drive thru, no estacionamento da CAARR, na  avenida Ville Roy, 1830, Caçari.

O presidente finaliza lembrando que não será necessário apresentar comprovante de anuidade ou carteira atualizada da CAARR em dia. “Nossa missão é vacinar o máximo possível de advogadas, advogados, estagiárias, estagiários e dependentes da advocacia roraimense”, enfatizou.

E quem tomou a vacina da COVID-19, pode vacinar contra a gripe?

A orientação do Ministério da Saúde é que as pessoas dos grupos prioritários tomem primeiro a vacina contra a COVID-19 e guardem um intervalo de 14 dias para se imunizar contra a gripe.

O epidemiologista José Geraldo Ribeiro orienta que, se a pessoa recebeu a vacina AstraZeneca/Oxford, pode tomar a vacina da gripe no intervalo  entre as duas doses. Entre a primeira e a segunda dose da AstraZeneca/Oxford há um prazo de até três meses.

Se a pessoa tomou a Coronavac, a orientação é que só tome a vacina da gripe depois da segunda dose. No caso da Coronavac, o intervalo entre a primeira e segunda doses é de 14 a 28 dias.

Pessoas com suspeita de Covid-19 ou sintomas de outras infecções também precisam adiar a vacinação para o vírus influenza. Se estiverem completamente recuperados e já se passaram no mínimo quatro semanas do início dos sintomas ou da confirmação do diagnóstico, podem vacinar contra a gripe.

Informações: caa.roraima@hotmail.com, caarr.org.br,  (95) 3624-2145 (WhatsApp)