Começa hoje, 8, a partir das 14h, a segunda etapa da Campanha de Vacinação da  Caixa de Assistência dos Advogados de Roraima (CAARR). Estão disponíveis 400 doses da vacina contra a gripe H1N1, H2N3, Influenza B.

O Agendamento só pode ser feito pelo site oficial da CAARR (www.caarr.org.br). A vacina será aplicada no sistema drive trhu, no estacionamento da CAARR. O agendamento é individual, para advocacia, estagiária/o, dependente e colaboradores da CAARR.

O presidente da CAARR, Ronald Rossi Ferreira, que foi um dos primeiros vacinados, convida a classe da advocacia. “O agendamento é rápido e o atendimento é feito na hora marcada, sem aglomeração”, enfatiza, lembrando ainda que cada pessoa vacinada ainda recebe um kit com máscara e frasco de álcool em gel.

O presidente lembra ainda que a imunização contra a gripe, está comprovado cientificamente, ajuda a reduzir as complicações em casos graves de COVID-19.

“É importante que quem agendou venha na hora marcada. Uma equipe está preparada para agilizar o atendimento”, reforça.

A vacinação é no sistema drive thru, no estacionamento da CAARR, na  avenida Ville Roy, 1830, Caçari.

E quem tomou a vacina da COVID-19, pode vacinar contra a gripe?

O Ministério da Saúde, entidades como a Sociedade Brasileira de Imunizações e gestões estaduais e municipais, sugerem que seja dado um intervalo de 14 dias entre a aplicação da vacina contra a Gripe e a aplicação da vacina contra a Covid-19.

Nesse caso, aquelas pessoas que estão recebendo a CoronaVac devem esperar a conclusão do esquema vacinal contra o coronavírus antes de tomar a vacina da gripe.

Quem recebeu imunizante da AstraZeneca/Oxford ou da Pfizer/BioNTech pode vacinar da gripe no período de intervalo entre a primeira e a segunda dose, sendo que deve esperar 14 dias depois da primeira dose ou antes da segunda.

No caso de quem vacinar primeiro contra a Gripe, o ideal é esperar 14 dias antes de receber a primeira dose contra o coronavírus. Isso vale para qualquer um dos imunizantes.

Vale ressaltar que casos emergenciais, como a necessidade de vacina antirrábica ou de profilaxia pós-exposição, esses 14 dias de intervalo após a aplicação do imunizante contra a Covid-19 não devem ser considerados.

É indicado tomar as duas vacinas?

Sim, pois tanto o influenza quanto o coronavírus Sars-CoV-2 promovem doenças que afetam o sistema respiratório e podem, à primeira vista, ter quadros semelhantes.

Pessoas com suspeita de Covid-19 ou sintomas de outras infecções também precisam adiar a vacinação para o vírus influenza. Se estiverem completamente recuperados e já se passaram no mínimo quatro semanas do início dos sintomas ou da confirmação do diagnóstico, podem ir buscar sua dose para a gripe.

Com informações da Folha de Pernambuco

Informações: caa.roraima@hotmail.com, caarr.org.br, (95) 3624-2142 (WhatsApp)